OPORTUNIDADE ONLINE

ROUPA DE CAMA SELECIONADA

20%

DE DESCONTO

Oferta válida em hm.com até 03/05/2017 ou até ao fim do stock.

Decoração de Interiores

Revelações da Responsável pelo Design da H&M Home - Evelina Kravaev Soderberg

Poderia falar um pouco sobre a sua função como designer responsável da H&M Home?

A função de responsável pelo design é uma função de líder criativo. Diz respeito a incentivar e inspirar os outros designers e garantir que as nossas visões são claras e que as nossas coleções são inspiradoras para os nossos clientes. No desempenho da minha função, eu sou responsável pela visão geral e por ajudar a assegurar que esta se reflete em todos os nossos produtos. Na H&M, o trabalho em equipa é fundamental, e adoramos criar tendências, cores, padrões e materiais em conjunto.

 

Como é ser responsável pela visão geral, em oposição a desenhar os próprios produtos?

O que nos motiva a tornarmo-nos designers é o amor pelo design e pelo produto. Quando já trabalhamos há algum tempo no design de produtos, parece-nos natural evoluir para um trabalho mais conceptual e de liderança, para ajudar outros criadores a desenvolverem-se.

 

Onde encontra inspiração?

Tendo uma mente curiosa, adoro arte e livros. Adoro explorar outros artistas e designers. Viajar e conhecer pessoas de outras culturas é, provavelmente, a nossa maior fonte de inspiração. Eu observo e aprecio ambientes diferentes. 

 

Como pensa que será o futuro do design de interiores?

Penso que o design de interiores está atualmente numa fase muito interessante. Os clientes estão mais interessados em ter a sua casa decorada de forma moderna e inspiradora. Constatamos um grande interesse em viver de acordo com um estilo pessoal. Trata-se de viver, comer e viajar. Reparámos que a importância de expressar a individualidade não se reflete apenas no aspeto de cada um, mas em todo o conceito da pessoa, e a casa é uma parte muito importante deste conceito.

 

Diria que a H&M Home tem um design ou toque escandinavo?

Penso que a Escandinávia pode estar no nosso ADN criativo, mas trabalhamos com a H&M Home como uma marca global, com coleções inspiradas pelo mundo.

 

Como descreveria a H&M Home a um novo cliente?

É uma marca de decoração de interiores moderna, inspiradora e diversificada. Torna possível muitas pessoas modernizarem e decorarem as suas casas com produtos bem concebidos e com uma excelente relação qualidade-preço.

 

Como é o processo de design na H&M? 

Existe muita colaboração criativa. A equipa começa todas as temporadas com uma sessão de brainstorming, em que discutimos tendências e partilhamos ideias. Definimos as tendências e novas cores, materiais e padrões. Quando a visão geral está pronta, os designers começam a desenvolver os produtos. Os designers têm uma estreita colaboração com os compradores. Enquanto designers, também estamos muito interessados nas vendas, pois é assim que ficamos a conhecer os nossos clientes e aquilo que procuram.

 

Quais são os planos futuros para a coleção H&M Home e até onde alcança a sua visão?

Nós desenhamos para a próxima estação, então é com um ano de antecedência. Torna-se mais fácil com a experiência, já desenhámos para tantas estações que começamos a ver os padrões. É claro que neste trabalho há sempre o elemento da bola de cristal. Para termos sucesso, precisamos de ser sensíveis ao mundo que nos rodeia e ver como se move. Temos muitos planos fantásticos para o desenvolvimento da H&M Home, ainda está no começo.

 

Que oportunidades perspetiva com o crescimento das compras online?

O tempo é cada vez mais limitado, as compras online são e continuarão a ser muito importantes. Os nossos produtos de decoração para a casa são muito fáceis de comprar online, porque não é preciso experimentá-los para ver se servem.

 

Como é que a H&M Home difere de outras marcas no mesmo segmento?

Avançamos a um ritmo rápido e queremos acompanhar as tendências. O nosso objetivo é sempre oferecer o que o cliente deseja, no momento certo. Gostamos de ser sensíveis às tendências e queremos abordar o design de forma entusiasmada. Por exemplo, "é só uma capa de almofada, vamos divertirmo-nos com ela". Tentamos ter humor e originalidade nas nossas coleções.

 

Quais são as principais tendências na decoração de interiores para o próximo ano?

Quanto mais digitais nos tornamos, mais forte é a necessidade que temos de tactilidade. Quando vivemos num ambiente em que estamos sempre ligados, precisamos do contraste de tocar e sentir, e isso estará patente no nosso design. A natureza é uma fonte de inspiração que continua muito forte, por isso veremos ainda mais materiais naturais como a madeira e a cerâmica. Uma sensação de luxo e bem-estar também é algo a explorar nas próximas coleções, através da qualidade e dos detalhes.